photo bt VisualHunt

Faz quatro meses que comecei a escrever aqui no Blog, por favor leiam e comentem!

No início eram somente algumas histórias da minha área e alguns eventos com alpinismo e só.

Mas eu sempre quis de alguma forma ajudar no aprimoramento de profissionais de eventos e mesmo de outras áreas, que tivessem o interesse de saber e aprender mais sobre Produção de Eventos, então comecei a pontuar alguns Jobs e situações de stress e as soluções que encontrei para resolvê-los.

Hoje tive a certeza que estou podendo ajudar um pouco algumas pessoas, na verdade, eu sempre achei que se ajudasse uma só já teria valido a pena! Eu recebi um comentário da Marcia Helena em um post meu, que pra mim foi uma pérola em forma de agradecimento.

Então, satisfeito e com muito mais gás resolvi escrever este artigo sobre o Produtor de Eventos e sua agenda.

Há exatos 17 anos atrás comecei a me dedicar a uma agenda de fornecedores e parceiros, que montei no Excel mesmo, separei por especialidade, cidade, nome, telefone etc.

Obviamente muitos números telefônicos mudaram, algumas pessoas foram pro “andar de cima”, se aposentaram ou saíram do ramo, eu sempre coloco na parte de observação alguma referência sobre os contatos, e vou atualizando na medida do possível, a parte mais importante pra mim é a coluna observação aonde vou colocando pontos positivos ou negativos de cada um e atribuindo uma cor:
Ø  Verde = Profissa
Ø  Amarelo= mau necessário
Ø  Vermelho= só em último caso

Eu uso a agenda não só para os meus trabalhos, mas também para indicar a amigos e produtores.

E quando indico, eu sempre peço um feed back após o trabalho efetuado, pois além de saber se o contato está ativo, fico sabendo se tudo deu certo e se a indicação foi útil.

O Produtor de Eventos, além de todo conhecimento técnico deve saber distinguir que tipo de fornecedor pode fazer determinado trabalho, falo um pouco sobre isso no artigo “A arte de Produzir eventos Corporativos” (click here).
Para amigos e clientes usarem a minha agenda de fornecedores eu só tenho uma regra básica e inflexível:

Ø  Só passo contato de Produtores

Para amigos produtores eu tenho outra regra básica e inflexível

Ø  Só passo 03 contatos, igual ao gênio da lâmpada, faça bom uso!
O porquê destas regras básicas e inflexíveis? Pra mim é óbvio, mas vamos lá.
Como expliquei anteriormente, a agenda do Produtor de Eventos é mais ou menos como se fosse todo o seu background, é através dela que ele ganha o seu sustento uma vez que ela é a sua profissão.

Veja o meu caso, comecei a garimpar fornecedores anos atrás, lapidei-os calmamente ás custas de milhares de Jobs e noites em claro, ano após ano, Job após Job, e com o passar do tempo se tornaram parceiros preciosos e agora são amigos de longa data.

Os meus amigos, assim como eu, gostam de trabalhar com outros amigos. Não apenas pelo simples fato de gostar de trabalhar junto, é isso também, mas por poder confiar nas minhas indicações.

Entende o tamanho e a importância da agenda de um Produtor de Eventos? Só para citar alguns exemplos;

Eu já acordei o finado Kiyoshi pra pedir um gerador na madrugada, ele salvou o meu evento de Lucky Strike no Pacaembu.

Assim como pedi ao Pedro num domingo que abrisse a sua loja a “Pé na trilha” para eu pegasse uns equipamentos de Alpinismo e gravar um comercial de TV da Fiat, sem ao menos emitir nota fiscal ou passar cartão, simplesmente escolhi, coloquei no porta malas e sai.

Ou quando precisei da ajuda do Rodrigo, produtor do Rexona para me ajudar a colocar 500 torcedores do Finasa/Osasco que estava sem ingresso, pra dentro do Maracanãzinho, numa final da Superliga de vôlei, e detalhe, era justamente contra o Rexona!

Este é o nível da agenda do Produtor, não só de eventos, mas principalmente de eventos.

Esta agenda tem a capacidade de montar um evento de qualquer tipo e tamanho em questão de horas, ou de ajudar um engenheiro num momento delicado de montagem num Shopping Center da capital, (um dia ainda escrevo sobre isso).

Os melhores profissionais, a mais “ponta firme”, os “pau pra toda obra”, aqueles que nunca te dirão não! Estão nesta agenda.

Para finalizar, uma historinha que eu me identifico muito, a do apertador de parafusos, é mais ou menos assim:

Um expert foi chamado para arrumar um computador complexo que valia 12 milhões de dólares.
Pegou uma pequena chave de fenda do bolso e deu uma volta e meia em um minúsculo parafuso.
Então, ligou o computador e comprovou que funcionava perfeitamente.
Ao cobrar pelos serviços não queriam lhe pagar Mil dólares, Mil dólares só para apertar um simples parafuso? Onde já se viu? É um absurdo.
O especialista calmamente respondeu:
– Para apertar o parafuso eu cobro 1 dólar,
– Para saber qual parafuso apertar eu cobro 999 dólares.

E com um Produtor de Eventos e sua agenda é assim