Photo Ruy Hizatugo: Hollywood Indy Experience
Let´s talk about

A trilha sonora do seu evento.

No início da minha carreira de produtor, aprendi detalhes que não se ensinam mais, um deles foi que a trilha sonora do evento pode elevar os ânimos, ou “baixar” o moral da tropa!

Poucos dão a devida importância a este “detalhe” num evento, geralmente escuto apenas o solta o som DJ!

Daí é uma correria só atrás do prejuízo.

Lounge? Agitada? Internacional ou só nacional? Funk, Punk, Indie? Never mind!

Porque não pensou nisso antes?  Pense seu evento… Antes!

Quando eu trabalhava para a companhia de cigarros Souza Cruz, num evento no Planeta Atlântida de Capão da Canoa, a banda Skank estava no auge, e o DJ do evento colocou a música “É proibido Fumar” de Roberto e Erasmo Carlos e que acabara de ser regravada pelo Skank.

Semana de moda Casa dos Criadores – Shopping Frei Caneca ( não foi este DJ)



A versão é maravilhosa, mas ele foi infeliz naquele momento, num evento patrocinado por uma companhia de cigarros.

Pequenos detalhes podem gerar grandes consequências!

Não quero aqui julgar o mérito do patrocinador, ou os efeitos do produto, apenas estou citando o “case”!

O DJ que nem era fumante, não se apegou ao detalhe de tocar a música.

E foi proibido de trabalhar para nós!

Cadê o briefing Produtor?

É só um exemplo de como a trilha sonora pode interferir no seu evento.

Nossa profissão está nos detalhes!

Let´s talk about this?