Foto Thiago Rodrigues
Caros amigos de Eventos,
Dentro de uma agência, o Diretor de Produção quando recebe um briefing deve rapidamente decidir qual produtor tem mais familiaridade com o Job e com o cliente, às vezes é uma tarefa difícil, afinal existem diversos tipos de produtores e nem sempre temos um especialista na agência.
Para que o cliente se sinta a vontade com o profissional que vai liderar o seu Job é muito importante o mesmo passar segurança, se já houver uma relação anterior positiva entre produtor e cliente é meio caminho andado, se o produtor tiver expertise no tipo de Job então!
Um bom produtor deve procurar ter experiência em todos os tipos tipo de JOB, as coisas ficam muito mais tranquilas tanto para o cliente quanto para agência.
Por estes motivos, eu sempre procurei transitar em todos os mais diversos tipos de eventos e clientes, buscando desafios, seguimentos diferenciados e cada vez mais complexos.
Hoje eu chamo de leque de produções.
Photo: RH+
Para se ter uma ideia, quando você especializa em vários tipos de evento, acaba se tornando uma referência, o tipo de profissional que pode resolver todos os problemas da agência e por consequência dos clientes, é um ativo importantíssimo para agência.
Dizem que os clientes tem sempre razão, isso é uma máxima, e para que ele continue a ter razão o produtor tem que ser seu anjo de guarda, ele tem que te enxergar como a solução de todos os seus problemas, um cliente uma vez me chamou de Lexotan, pela calma que eu passava a ele, rsrs
Mas especializar- se não é tarefa fácil, o produtor tem que estar sempre disposto a aprender e buscar Jobs que ás vezes não gosta de fazer e a repetição destes Jobs é que te darão segurança e expertise, o tão falado background (Background é uma palavra em inglês que pode ter vários significados, entre eles experiência).
São tantos tipos de eventos e clientes que seria fácil se perder, mas não é isso que acontece e sim justamente ao contrário. Quando você está em busca de especialização e não de “apenas” entregar o Job, você adquire esta experiência aumentando o seu leque de produção, isso sim faz toda a diferença.
Vou dar alguns exemplos de clientes e Jobs em que me especializei ao longo da minha carreira…
  • Concursos culturais: Unilever, Souza Cruz, Nestlé, Close Up.
  • Sorteios: Kibon, Omo, Knorr, Rexona, Axe.
  • Road Show: Bradesco Prime, Finasa, Hollywood, Carlton, Free, EMS.
  • Arenas: Hollywood, Telefônica, Kibon, Marathon, Chicletes Adams, Hellmanns.
  • Coletiva de imprensa: Cirque du Soleil, Bradesco, Amex, Nespresso, ADC Finasa
  • Jogos de vôlei Feminino: Finasa Esportes
  • Jogos de Vôlei Masculino: Pinheiros / Sky.
  • Camarotes: Formula Truck, Hollywood, Free Jazz, Carlton Arts, Lucky Strike Lab.
  • Festas: Amway, Mapfre, Semana de Moda, Cervejas Miller, Lucky Strike.
  • Desfiles: Semana de Moda Casa dos Criadores.
  • ARG para Samsung, Hellmanns.
  • Congressos: CMS, Bradesco SIPAT,
  • Convenções: Claro, Credicard, Mobil Oil, 3M, Banco do Brasil, Bradesco
  • Seminários: Sulamerica Seguros
  • Stand: Toyota, Ford, Câmara de Comercio Italiano, Nestlé, Unilever, Sempre Livre
  • Campanhas de Incentivo: Conta Universitária, Microsoft, Paviflex.
  • Decoração de Natal: Bradesco Prime, Caixa Econômica BSB, Nespresso.
Estes são apenas alguns tipos de eventos e clientes que me ajudaram a me especializar, ainda hoje cada Job e cliente novo é um aprendizado, aquele produtor que encara o seu trabalho como uma escola com certeza será imprescindível á qualquer agência e cliente.
Photo: RMaciotti
Cada empresa ou marca tem um conceito, um modus operandi, a sua política própria de atendimento ao seu público alvo, não se trata apenas de saber aplicar a marca, tem muitos outros fatores que compõem um evento, qual o melhor tipo de atração, que música tem conexão com a minha marca, qual deverá ser o perfil dos promotores.
São milhões de detalhes desde o tipo de locação até o mobiliário ou as bebidas e comidas servidas no evento, é preciso conhecer a marca é preciso conhecer o cliente…
É preciso se especializar.
Mas isso é um papo para outro artigo, gostou? comente, me siga