Arquivo CESVI
Caros amigos de Eventos, o Produtor de Eventos tem que saber muito sobre a marca do cliente.
Em meu último artigo falei sobre a especialização de um produtor de eventos corporativos, e prometi a continuação em um novo artigo, e aqui estamos.
Mas antes me permitam explicar, eu sempre digo: “Produtor de Eventos Corporativos”. Por que me especializei neste segmento!
Se tem uma coisa que eu gosto e presto muita atenção, são nos detalhes que cada marca carrega em seu Brandbook (É um manual de personalidade e comportamento de marca voltado para a orientação cotidiana de gestão de branding e comunicação corporativa, ele é desenvolvido para orientar e gerir o uso de diferentes ferramentas e pontos de contato na construção da imagem e percepção da marca).
E mesmo que a marca não tenha um, eu faço questão de observar todos os detalhes possíveis que facilitam a minha vida e a dos clientes por consequência, vou citar aqui alguns exemplos destes dois clientes e especificamente destes eventos.
Já fiz muitos trabalhos com clientes de segmentos completamente diferentes um do outro, vou aqui citar aqui dois exemplos clássicos:

Banco do Brasil e Nike.

O Banco, pela sua política de compras normalmente se utiliza de toda a estrutura disponível de um hotel ou espaço de eventos, seja no caso de uma convenção ou reunião de negócios.
Ele se utiliza dos pranchões, cadeiras, Buffet, staff e tudo mais que o contrato entre o hotel x cliente permitir, com uma cenografia sóbria onde o conteúdo da apresentação e seus profissionais devam ser o ponto alto.
Photo RMaciotti
Já para a Nike, uma empresa de marketing agressivo e moderno exige-se que o mobiliário seja descontraído e despojado, além de confortável e exclusivo, por isso não usamos o mobiliário do hotel, a sala deve ser sempre clean e com mobiliário branco ou transparente de forma que todos os objetos cenográficos montados sejam uma mistura de exposição e PDV, com os produtos expostos estrategicamente.
O ambiente clean garante que os produtos coloridos sejam o ponto alto do evento, com uma luz indireta.
Photo RMaciotti
São estes pequenos detalhes que compõem o evento, assim como os acima citados existem milhares de outros detalhes que se o produtor tiver o cuidado e a percepção facilita muito em futuros Jobs com estas e outras marcas.
Sim, um Produtor de Eventos Corporativos deve sim entender muito do Branding de seus clientes, este conhecimento cria atalhos na hora da produção, aperfeiçoa resultados, maximiza o budget e fideliza clientes.
O resultado desta dedicação é a grata surpresa que os clientes têm com o entendimento que você Produtor tem dos detalhes de sua marca.
Afinal, para eles que criaram e vivem estes detalhes dia após dia por anos a fio, nada é mais recompensador que ver o trabalho deles traduzidos tão claramente por um produtor de eventos.
Saiba mais de Ronaldo Maciotti aqui