Não poderia existir um nome mais sugestivo em que eu pudesse pensar para o título deste artigo sobre o mercado de eventos, afinal todo profissional de eventos deve entender muito de Negócios e todo evento é movido por doses cavalares de café.
Na matéria da revista Exame do dia 12 de Janeiro deste ano, temos a informação que: “O segmento de eventos segue como um dos que ainda mais crescem no País. Estudo realizado com mais de 2,7 mil empresas do setor, pelo SEBRAE Nacional e Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), aponta que o setor movimentou R$ 209,2 bilhões, em 2013, 4,32% do PIB brasileiro no período. Pesquisas anteriores, de 2002, davam conta de R$ 37 bilhões”.
Ok a pesquisa não é atual, mas ilustra muito bem a evolução que o mercado produz ao longo dos anos e que todos os profissionais da área assim como eu percebem.

Desde esta pesquisa até hoje tivemos o espetáculo do crescimento com a Copa das Confederações, a Copa do mundo, e os jogos Olímpicos de 2016.
Mas junto com o final da Copa do Mundo veio mais um impeachment em terrae Brasilis. (É o termo utilizado para denominar o Brasil antes da chegada dos Europeus, a terra dos índios).


A expressão “terra brasilis” já aparecia em mapas dos séculos XVI e XVII, como por exemplo, o mapa feito por Pedro Reinel, cartógrafo português autor da mais antiga carta de marear portuguesa.

Novamente o evento chamado “Impeachment” deixou nosso mercado á deriva e fora dos mapas de navegação, já que a primeira verba que é cortada em tempos de crise é a de eventos, o que muitos empresários erroneamente consideram como gasto é na verdade o melhor investimento para sair da crise, um erro recorrente desde muito antes do primeiro impeachment, ou até das caravelas, mas este é assunto para outro artigo!
2017 veio em banho Maria, mas trouxe consigo um 2018 acelerado e um novo ano de Copa, de eleições e o mercado acelerou, reagiu e está se recuperando, e o que é melhor sem os efeitos destes eventos sazonais.

O mercado de eventos é assim.

Por mais que digam que estamos acabando, continuamos crescendo ampliando o share e aumentando a participação no PIB.

Sempre mantendo a base dos nossos Negócios com café! Great times are coming.