VisualHunt
Caros amigos de eventos. Sair da zona de conforto?

Eu construí uma linha de trabalho e sair dela não me deixa muito a vontade pois a minha proposta sempre foi excelência na entrega.

Criar, planejar e participar de concorrências definitivamente não é a minha praia, mas as vezes os clientes exigem.

Mas, me dou o direito de escolher as minhas batalhas e os meus parceiros sejam eles criativos, planners, storytellers, producers.

Whatever!

Apostar em poucos e bons parceiros, por isso eu sou bom em executar e faço as melhores escolhas e aposto num time enxuto e delego funções aos parceiros.
Cada um deve saber o seu espaço, para criar e planejar até onde quer ir na cadeia alimentar.

Nos últimos meses tenho conhecido muitos profissionais na rede social linkedin, uma ferramenta fantástica se bem utilizada, não sou o dono da verdade e acredito que cada um tem que procurar a sua verdade, mas humildemente procuro ajudar.

Conhecer pessoas e aproximar não é problema, é networking, é sadio, e como todos temos uma estrada percorrida, não custa compartilhar a poeira do caminho.

Mas todos temos um DNA profissional, um padrão estabelecido, e neste caminho as vezes aparecem pessoas que querem a sua vida profissional, as suas conquistas e não passar pelo que você passou. Acho que isso é um vício moderno.

“Todo mundo quer ir pro céu mas ninguém quer morrer”.