Foto: João Pires – Manchester United Premier Cup – 2011

Caros amigos de eventos, desenvolvimento de fornecedores e parceiros é um fator a mais na carreira do produtor de eventos, ao longo da minha carreira já perdi as contas de quantos parceiros desenvolvi e quantos ficaram para trás.

Ficar para trás não necessariamente é ruim, a vida ensina que não adianta remar contra a maré, e nos dá a oportunidade de reavaliar a nossa atuação.

Tão rápido quanto parceiros se vão, outros aparecem, é preciso estar aberto às oportunidades.

O nosso mercado tem se renovado numa velocidade assustadora, profissionais sem a mínima experiência necessária vem assumindo Jobs que por sua vez estão cada vez mais estressantes e os resultados não têm sido dos melhores.

Eu li por aqui que deveria ter um curso para especializar clientes, mas alguns produtores também não se especializam, assim como no futebol você precisa jogar muito para ter experiência, mas o que está acontecendo é que na busca por resultados imediatos as agências estão botando pra jogar uma final de campeonato produtores que deveriam estar no juvenil ou juniores.

Na minha opinião os dois são culpados, o gestor que não avalia corretamente o skill do produtor e o próprio que deveria ser honesto e saber que determinada tarefa é muita areia para o seu caminhão.

E você está preparado para o jogo?