Caros amigos de eventos, indicar ou não determinado profissional ou empresa?

Eis a questão.

Diariamente me pedem indicações de empresas ou profissionais para realizar determinado Job. Isso é muito complicado, não que eu tenha problema em indicar, porém não posso avalizar o que acontecerá daí por diante.

Determinado profissional pode trabalhar bem comigo ou com você, pelo meu método de trabalho ou pela sua maneira de conduzir o processo, mas pode não se dar tão bem com outro profissional ou empresa.

Afinal sempre existe a possibilidade de incompatibilidade de gênios. Faz parte do jogo, não é?

Não é bem assim.

Eu penso que quando se é profissional ao aceitarmos um desafio, devemos sempre dar o máximo para que a conclusão do Job seja a mais próxima da perfeição possível.

Esta é a maneira com que eu encaro a profissão, não aceito menos que o meu máximo, porém percebo que nem todos pensam da mesma maneira. 

Recentemente entreguei um Job, em que simplesmente não me entendia com o atendimento, a falta de método dela contrastava com a minha exigência por organização e método.

Respirei fundo várias vezes, foquei na entrega e no resultado e ao final todos ficaram altamente satisfeitos com o evento.

Prometi jamais trabalhar com ela novamente, já quanto a indicar alguém…