Foto: Thiago Rodrigues

Caros amigos de eventos; você é um bom produtor? Já me perguntaram isso algumas vezes, eu sempre respondo com a retórica, você sabe do que somos feitos? Isso não é apenas sobre técnica ou ética, produtores precisam equacionar a verba dos clientes aos melhores resultados, tanto qualitativamente, tecnicamente, física e financeiramente e emocionalmente! É muita coisa, é bem complexo e apesar disso tudo o que mais ouvimos é que tem que fazer caber na verba! Mas o Fato é que nunca cabe, sempre temos que tirar coelhos da cartola. Precisamos carregar nas costas todo o peso do planejamento, pré-produção, montagem, operação e desmontagem, afinal o gargalo do Job é a entrega! Não é só entregar e depois cair nos braços do Morfeu! Eu venho de uma linhagem onde o produtor participava desde o briefing, dava pitacos na criação e no planejamento, fazemos a pré-produção a produção e o pós. All-in. É desta forma que o Job sai redondo, sem megalomanias ou surpresas que quebram agências, somente tendo todas as informações um evento tem começo, meio e um final feliz. O bom produtor conhece e se preocupa com todas as etapas. Existem aqueles que só querem entregar, outros que só pensam na pré, outros só na pós. Mas, O bom produtor pensa no “todo” e é disso que somos feitos de informações!