Caros amigos de #eventos, Híbridos?!? ontem assisti ao último capítulo da 7ª temporada de BlackList, eles encontraram uma solução para encerrar a temporada que foi mesclar o real com desenho, tipo Sin City, o resultado foi interessante.

Não satisfatório

Mas vcs deve estar se perguntado se eu virei crítico de cinema, não tenho esta pretensão, mas me coloquei a pensar sobre a tal transmissão de evento hibrida.

Assim como não aprovei o episódio, apenas engoli, eles completaram as lacunas da maneira “É o que tem pra hoje”. Pegaram as cenas reais que já haviam gravado e enxertaram umas partes animadas para dar sentido a trama.

Os produtores da série não cogitam seguir assim adiante pois deixaria de ser filme e se tornaria um desenho, foi apenas um paliativo para encerrar a temporada. Eu por exemplo, não assistiria mais, questão de estilo, de gosto. Somos humanos e diferentes uns dos outros.

Acredito que o mesmo, se dará quando pudermos voltar a ter eventos presenciais.

Nada supera o contato humano, o face to face, o hart to hart e Human to Human e ponto final. Quando tudo voltar a funcionar naturalmente, primeiro teremos uma reticência em frequentar eventos como fazíamos antes, a lotação na minha opinião inicialmente cairá pela metade, mas depois a vontade de sair da casa vai falar mais alto.