Caros amigos de eventos, o mapa geográfico do planeta mudou, os profissionais que foram arremessados ao home office, não tem mais necessidade de morar próximo ao trabalho.

Houve um tempo, em que as melhores agências estavam ali entre Itaim bibi, Pinheiros e vila Olímpia, coabitavam por lá a Superproduções, B/Ferraz, Banco de eventos, Rock e Bullet entre tantos outros big players do mercado.

Com a rotina insana que nós profissionais de eventos vivíamos: viradas de noite, horários estendidos, trabalhos aos finais de semana, alguns profissionais se mudaram para bairros próximos ao trabalho.

Eu mesmo quando era Head de produção morei por cinco anos num flat ao lado da Superproduções no Itaim, facilitava a vida, já que o meu grupo de produção tocava Jobs até tarde da noite e as reuniões na sede do Banco em Osasco eram sempre as 08:00 AM.

Tempos estranhos. Bons tempos!

Domingo me coloquei a pensar, em oito meses do ano, VTs, na zona norte e zona sul de SP estremos opostos, outras em Atibaia e reuniões feitas pelo Zoom.

Antes mesmo da pandemia o caminho a seguir já se mostrava. Não importa se estamos no campo ou na praia, o que importa é a qualidade de vida.

Eu escrevi meses atrás que quando o mercado voltar não caberia todo mundo, o mundo encurtou e se espalhou.

#production #producer