Foto: VisualHunt

Caros amigos de #eventos. Você já captou a essência do seu evento?

 Já escrevi aqui sobre o frio na barriga, aquele que tenho horas antes de iniciar uma montagem, eu penso em tudo que está certo e no que poderia dar errado. Afinal.

 

Shit happens!

 

Eu tenho por hábito, me sentar no chão do espaço onde será montado o evento, bem antes de chegarem os caminhões com as estruturas de som, luz, cenografia, mobiliário, Buffet… Enfim toda a parafernália para o sucesso do evento.

 

Ninguém pensa no fracasso! Mas às vezes ele acontece e como ninguém é perfeito precisamos pensar, identificar e aprender com eles.

 

Um detalhe ou outro pode escapar, mesmo com todo o planejamento e minuciosa revisão. Por isso nesta hora, ao sentar-me sozinho no escuro, no chão frio, consigo revisar os últimos detalhes e até ter novos insights para talvez abrilhantar o evento.

 

A cereja do bolo!

 

Construí esta mania quando escalava, eu saía ainda no escuro, parava de frente à via, me sentava e esperava a luz do dia descortinar a montanha minuto a minuto e ela me mostrava cada passo que eu deveria seguir, o sol me revelava o próximo desafio, iluminando as sombras, clareando as ideias.

 

Eu sei que tem uma força maior que te mostra o caminho e te ajuda a captar a essência do seu evento.

 

Um repost de 2018 para elevar o astral!