Caros amigos de #eventos pensávamos que não poderia piorar mais o nosso setor, que já havíamos chegado ao fundo do poço. Bem, o Govesp se esmerou em cavar mais um pouco. Feira só em novembro!

Todos ouvimos falar em “Teoria da conspiração, desde meados dos anos 1960, o termo se refere a explicações que mencionam conspirações sem fundamento, muitas vezes produzindo suposições que contrariam a compreensão predominante dos eventos históricos ou de simples fatos”.

A teoria da vez propõe que foi deflagrada uma briga política e egóica entre a Prefeitura X Govesp.

A prefeitura de olho na eleição, publicou no Diário oficial estabelecendo regras e um formulário com pontuação para a abertura de eventos sociais, missas, raves, bailes funk etc.

É o que eles entendem por evento!?

O outro lado da teoria, reza que existe um plano sórdido para derreter o valor dos equipamentos a serem privatizados pelo estado, já que os prováveis compradores visitados pelo governador foram justamente nossos irmãos asiáticos.

Já comentaram que o governador quer segurar o estado no braço para aparecer como salvador da pátria e com a vacina vinda da China. As praias continuam lotadas, mas trabalhar…

Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay

foto do mercado de eventos ao fundo!