Caros amigos de #eventos há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens possa imaginar. Trabalhei em algumas agencias e participei de inúmeras negociações e criações de briefings.

Não me omitir sempre foi meu diferencial, eu era o mala da produção que empata as reuniões, mas sempre viabiliza o Job.

Estar numa reunião é diferente de participar dela, por isso sempre me pediram para participar, a minha percepção como produtor define diversos atos sem conflito, o cliente almeja o melhor para o produto e nós produtores o melhor para o Job!

Apresentar alternativas e soluções é a nossa parte. Clientes entendem do produto e nós do mercado!

Hoje, em dias de isolamento e falta de Jobs o desafio mudou, saiu o cliente e entrou um vazio do mercado, mas a luta continua e o inimigo é o desemprego. Percebo que muitas conexões aqui jogaram a toalha e as interações caíram em mais de 60%. Lembrem-se, Quem não é visto não é lembrado, continue no game!

Anos atrás conheci uma pessoa que estava intrigada “quem” era o cara que posta toda semana, comenta tudo, dá likes e sempre tem uma opinião sobre vários assuntos.

Sou eu, e continuo presente, tentando agitar projetos como se estivesse indo trabalhar, afinal…

Desistir não é uma opção!